sábado, 27 de junho de 2009

NUNO FILIPE (1969)

EP SONOPLAY, 1969
Nuno Filipe e Maria Teresa Horta

Nuno Filipe, a voz..., a musica...
Maria Teresa Horta, a poesia... e a voz...
Os Álamos, o acompanhamento musical...
É URGENTE DESCOBRIR NUNO FILIPE!!!!!!
Porque é que hoje nada se sabe em relação a este cantor? Na década de 60, editou 3 ep`s do melhor que se fez em Portugal na área do Pop/Rock psicadélico. Este é o seu terceiro disco, já de 1969. As musicas são muito boas, sempre acompanhadas pela poesia de Maria Teresa Horta e pelo som dos Álamos. Na altura chegou a ser gravado um vídeo para ser divulgado na TV, mas o disco foi fortemente censurado...
Tenho pena que Os Álamos não tenham gravado também um EP na mesma altura, deixando apenas 2 Singles e 1 EP (1966).

13 comentários:

bissaide disse...

A obra de Nuno Filipe é de facto de primeira água. Há ainda o 4º e último disco, um single com arranjos de Pedro Osório, talvez um pouco menos "refrescante" que os 3 anteriores.
O EP de 1971 de Teresa Paula Brito com 3 canções da dupla Filipe / Horta é também excelente, e encontra-se integralmente reposto em CD no volume dos "Clássicos da Renascença" dedicado à cantora.
O que tenho pena que não tenha sido editado é a canção "Deserto", pelo Sexteto Vocal Garvaya, também da autoria de Nuno Filipe e de Maria Teresa Horta, em 1971. Bolas, daria um belo single Alvorada...

Camilo disse...

Cumprimentos!!!

Fantomas disse...

Obrigado caro Camilo :)

Joana disse...

Ele teria gostado muito de ler este post. Infelizmente digo gostaria porque já não se encontra entre nós.

Fantomas disse...

Sim, realmente é uma pena... :(

bissaide disse...

E infelizmente a morte de Nuno Filipe passou completamente despercebida... A Joana é familiar? Cumprimentos

Joana disse...

Sim Fantomas, sou a viúva.

Joana disse...

OOps, queria dizer bissaide

bissaide disse...

Cara Joana: soube da morte do seu marido pela sua cunhada Teresa, e fiquei com muita pena mesmo de nunca o ter conhecido... Os 4 discos que ele gravou são de facto algo de muito especial na música portuguesa, e não só à luz da época em que surgiram. Hoje em dia, surgem perfeitamente enquadrados no cenário pop rock internacional e bem distantes de quase tudo o que cá se fazia.

stone disse...

Eu ando a procura da musica "roteiro de Lisboa", há 40 anos, só me ficou na memoria "mulheres que se mostram com homens lá dentro", não mais sabia nada ate hoje, fiz a pergunta e simpaticamente obtive resposta, mas parece-me ser impossível obter o disco, mas neste momento (há coisas)está aqui a viuva.
Eu quero OUVIR essa musica, certamente tem o disco.
já viu 40 anos com a musica na memoria!

bissaide disse...

Stone:
Presumo que seja o Humberto. Respondi-lhe já no meu blog "Nas Terras do Fim do Mundo", não sei se viu. O seu comentário original é que foi apagado, porventura po erro.

Quer indicar um mail para lhe fazer chegar a música?

Humberto disse...

exato.
Eu só hoje fiz a pergunta, até então desconhecia todo, menos a frase que eu disse.
è pra já e muito obrigado.
Recorri a si porque sei que é uma pessoa perfundamente conhecedora e o meu amigo Vitor Queiroz rasgou-se de elogios a si.
Humbertofpolido@gmail.com

Anónimo disse...

Boas! eu ando já album tempo a tentar arranjar pelo menos um dos 3 eps deste grande senhor, infelizmente nao consigo encontrar nem na net e nem nas lojas que vendem vinils.
Se me podesse disponibilizar esses 3 eps ficaria muito agradecido
Fico á espera por uma resposta brevemente
abrç
Vitor Alves