sábado, 15 de dezembro de 2007

GÉNY CRUZ (1966)

EP ALVORADA, 1966

Mas que gira que ela é!!!! Uma verdadeira menina yé yé!

16 comentários:

djkit-dj fanis disse...

Thanks for your comments,nice blog did you have links for those albums?

Fantomas disse...

No, sorry...
It`s just information.

bissaide disse...

Capa muito bonita! E quais são as músicas e o conjunto acompanhante, já agora?

Fantomas disse...

1-Caso Banal
2-Costa D´Ouro
3-Um Dia Em Paris
4-Primavera do Coração
Com a Orq. de Tavares Belo

Eduardo F. disse...

Que luz!!!
Eram os anos 60!

Rato disse...

Deste também se impunha a contracapa...

Fantomas disse...

Olha que não é nada interessante!!! Só tem os nomes das musicas.

Jorge Rosa disse...

Era muito bom passar as músicas...

Fantomas disse...

Talvez um dia... :)

Jorge Rosa disse...

Desta artista tenho conhecimento que também tem outro disco gravado de "Melodias de Sempre" em que canta a "festa dos Aventais" numa colectânea de vários artistas da época, entre eles José Viana, Maria Fernanda, Aida Baptista, etc. E ainda um outro single com marcha popular sobre Lisboa.

bissaide disse...

O colectivo é o EP "Melodias de Sempre nº 8" (Alvorada), de 1967. Tem mais dados sobre esse single com uma marcha?

Jorge Rosa disse...

Posso arranjar, falando com a Gény. Quando tiver informação coloco aqui.

bissaide disse...

Por curiosidade: o que faz a Geny Cruz actualmente? Continua no meio artístico?

Jorge Rosa disse...

Não está no meio artístico actualmente, mas gosta muito de cantar e os amigos agradecem sempre que se proporciona.

Anónimo disse...

O bissaide pertence ao meio artístico?

Jorge Rosa, filho da Gény Cruz

bissaide disse...

Não, Jorge, mas tenho feito trabalho sobre ele. Entretanto, reparei que me tinha enganado na editora do "Melodias de Sempre" - é Columbia e não Alvorada. O outro disco que referiu é o EP "Lugar aos Mais Novos", onde a sua Mãe canta "Lisboa Vem Daí", que segundo creio será a primeira gravação comercial dela.