segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

OS VODKAS

EP CLAVE, 1969
OS VODKAS, banda da Figueira da Foz. Formaram-se por volta de 1965 e estiveram bastante activos até ao ano de 1969. O quinteto que gravou este disco é: António Manuel Veríssimo - viola baixo e Norton de Matos Ferreira - viola solo, Tomé, Cafum e Zé .
No fim de 1969 já eram um quarteto e estavam a preparar a gravação de outro disco. Se foi editado, não sei...
Eu adoro este EP!!!! A melodia de "Só Sempre Só" é fabulosa!!!!! E "S. Francisco Girls" é Garage de primeira, com o órgão em fuzz. "Time Is Drawing Near" faz lembrar Bob Dylan e os Byrds.
Muito bom mesmo ... não era só na capital que existiam grandes bandas!!!!

13 comentários:

Eduardo F. disse...

Já agora, alguém reconhece a foto?

Seria a Figueira? Não conheço a cidade...

Obrigado pelas possíveis (e sei que elas virão ;)) respostas.

Cá estamos.

Anónimo disse...

mais uma raridade de 1ª!nunca tinha visto este disco.um abraço

bissaide disse...

Pelo que sei, o disco será de 1969. A fotografia deverá ser da Figueira da Foz, mas de facto os meus conhecimentos da praia local não o podem comprovar a 100%. De qualquuer forma, a tira que se vê no ar parece confirmar isso mesmo - curiosamente, o meu exemplar não tem essa tira, notando-se um ligeiro tom acinzentado no local da mesma. O título "Time Is Drawing Near" é, no meu exemplar, em preto e não em verde. Houve, assim, duas edições, o que desconhecia (devendo ser a aqui mostrada a primeira).

Em relação a outros discos dos Vodkas, desconheço também. Mas este é de facto bem curioso...

Fantomas disse...

Segundo uma pessoa que conheceu a banda, este disco seria anterior a 69 e tenho uma noticia do mesmo ano em que fala de um novo disco em preparação devido ao sucesso do 1º. A Foto é realmente da Figueira da Foz e eles tocavam na zona centro do Pais. Fizeram concertos com os Hi Fi. Uma prima minha lembra-se de os ver tocar na Figueira.

azul disse...

Olá
O meu nome é Fausto Costa e sou membro fundador dos Vodkas. Fiquei muito satisfeito pelo texto referente ao conjunto (designação dada na altura às bandas). Aqui vai um pouco de história:
Os Vodkas têm origem no Conjunto
Infantil dos Caras Direitas (agremiação com sede em Buarcos) que na altura se dedicava a tocar em bailes de clubes recreativos. Convidados por um comerciante figueirense - José Sarmento - formámos então os Vodkas (1965). Tocávamos os êxitos da altura no Casino da Figueira (durante o verão) e os bailes de finalistas e dos clubes recreativos ( de inverno). O grupo inicial era constituido por mim, Cafum, Zé Tó, Tó Barreto e Tomé. Durante os anos seguintes houve grande rotação de músicos devido a divergências internas e também pelo facto de alguns terem ido para o estrangeiro fugindo assim ao serviço mlitar e, à mais que certa, ida para a guerra do ultramar. Julgo que o grupo atingiu um nível artístico bastante elevado dadas as solicitações. Em 1969 foi efectivamente gravado este disco em que participei apenas parcialmente por ter ido para a tropa. Quanto à foto ela é de facto da Figueira e os músicos ali presentes são o Veríssimo, Tomé, Cafum, Zé Tó e Norton. Estou à disposição para informações complementares. Um abraço

Fantomas disse...

Bom!!!! Por esta é que eu não esperava :-)!!!!!! Já agora, PS VODKAS chegaram a lançar outro disco????

Fausto disse...

De facto o grupo não voltou a gravar ( o unico disco foi gravado num estúdio do Porto cujo nome não me recordo). Gostaria de chamar a atenção para o facto de há 40 anos ser extremamente difícil a um grupo da província impor-se. Os grupos mais conhecidos e com acesso aos media estavam em Lisboa e no Porto (lembro-me dos Sheiks, João Paulo, Quinteto Académico, Pop Five, Espaciais, 1111, Filarmónica Fraude, etc.). Um abraço.

Anónimo disse...

Desculpem meter-me no meio.... desta conversa tão interessante.
PARA O FAUSTO - é o Gustavo, lembras-te de mim? Se queres saber o que aconteceu nos ultimos 40 anos contacta-me - guspr@rogers.com

Um abraço

Mauricio disse...

Vivam,
Só hoje vi este Blog.
O meu amigo Fausto esqueceu-se de mencionar a formação anterior, o Fausto, o Maurício da Telecaster, o Mané, e o Genito (Eugénio) que posteriormente seria baterista dos POPS de Coimbra (excelente grupo).
Tal como diz, este conjunto teve várias mudanças de elementos, não só por desavenças internas, mas também devido às fugas do serviço militar.
Recordo-me de, apesar de já não pertencer ao grupo, ter ido também assistir à gravação do 1º disco no Porto ... penso que tinham um amplificador avariado, e emprestei o meu VOx AC30. Foi uma noite e pêras. Nessa altura estava eu a estudar em Coimbra, e tinha formado os "In Locco" com o Manso (baixo), o Fred (viola) e o Tó Jó (baterista) do Bairro Marechal Carmona.
Posteriormente, Os Vodkas revestiram-se de uma qualidade sonora e postura em palco dignas de mérito, e "varriam" literalmente todos os bailes no Concelho e não só.
Recordo-me de, pouco antes de ir para a tropa, os ter visto a actuar num baile na zona da Curia, e digo-vos que fiquei impressionado.
Penso que não tenham gravado mais nenhum disco, mas o Fausto poderá confirmar.
Um abraço de saudades.
Mauricio
lumauricio@netcabo.pt

Fantomas disse...

Muito obrigado pelo comentário, Mauricio :)

jose bernardo disse...

Boas a todos passei por aqui por azar e tambem um pouco atrazado pois já la vão 3 anos do ultimo comentário.
mas mesmo assim deixo o meu comentário.
"OS VODKAS" eu diria que eram mais da Praia de Buarcos que da Figueira.já lá vão 40 anos mas que saudade. pois conheci todos os membros. se o Fausto se lembrar do ZE RONDA porque já há mais de trinta anos que não faço vida na Figueira. um abraço para todos .

Patrick Fiset disse...

Hello,
Can someone share this EP please?


Patrick

ma lahy disse...

Olá eu sou o filho de Antonio manuel verissimo se você quer saber o que tornou-se, aqui é o meu e-mail chalamax@hotmail.fr Sr. Fausto Costa, então eu tenho o seu toque